6 dicas para sair da zona de conforto - Blog - Arquem Automação

Fique por dentro de nossas novidades



Fique por dentro das novidades da Arquem e do setor.

Receba dicas e notícias no seu e-mail.



Clique aqui

6 dicas para sair da zona de conforto
Blog

6 dicas para sair da zona de conforto

Postado por Arquem - Automação Corporativa às 09/02/2021


Nessa região onde nenhum indivíduo se sente ameaçado, também falta certo brilho nos olhos. A confiança e respeito próprios tendem a diminuir, porque não há nenhuma prova ou resultado que ateste que a pessoa pode mesmo estar confortável naquele mundo que ela construiu. O tempo passa e as coisas ao redor mudam, e então a zona de conforto pode tornar-se desconfortável.

O seu crescimento seja pessoal ou profissional e o tão sonhado sucesso só acontecerá se estiver em movimento, evoluindo.

O que fazer então para pular fora do comodismo e da preguiça agora mesmo? Aqui vão 6 dicas:

  1. Reflita sobre sua necessidade: cada pessoa tem seus motivos particulares que estimulam a realizar determinada açã, pense quais são aqueles que conseguem mexer com o seu coração e a sua mente para começar a jornada motivado o suficiente.
  2. Ajude e será ajudado: tem coisas que simplesmente não são destinadas a serem feitas sozinhas, então ajude as pessoas a realizar seus próprios sonhos e elas o ajudarão a realizar os seus, nós vamos mais longe quando somos bem acompanhados.
  3. Atue com entusiasmo e não se preocupe com o que os outros vão pensar: não só suas palavras, mas principalmente suas ações criarão sua própria adesão e comprometimento na busca do seu objetivo maior e não ligue para as críticas, porque elas sempre existirão.
  4. Tenha uma meta e um plano: é muito difícil sentir-se motivado se você nem mesmo sabe aonde quer ir. É necessário ter muito bem definido o resultado a ser alcançado, o plano a ser seguido. Uma meta é constituída de objetivo (o quê?), valor (quanto em dinheiro?) e prazo (em quanto tempo?). Se você não souber qual é sua meta, reflita e só depois disso conseguirá fazer um plano eficaz.
  5. Seja humilde, mas confie no seu potencial: confie em você e no seu esforço, pois as pessoas que se esforçam sempre melhoram. Aceite o imprevisível e o medo. O medo é bom porque nos deixa cuidadosos, mas é inútil quando nos congela. Tenha humildade para começar pequeno e confiança para trabalhar e ser gigante.
  6. Não responsabilize os outros: você é o arquiteto da sua própria vida e de cada passo que dá em seu caminhar. Não dependa dos outros para sua alegria nem para a sua tristeza, aceite que pessoas chegam e partem da sua vida, aceite que uma situação boa não permanece assim para sempre, pois as coisas mudam. Assuma a responsabilidade pelas causas e consequências que você gera.

E lembre-se, ninguém vai fazer o que só você pode fazer para você chegar onde só você quer chegar!


Comentários