Confira 4 dicas para organizar a lista de fornecedores da sua ótica - Blog - Arquem Automação

Fique por dentro de nossas novidades



Fique por dentro das novidades da Arquem e do setor.

Receba dicas e notícias no seu e-mail.



Clique aqui

Confira 4 dicas para organizar a lista de fornecedores da sua ótica
Blog

Confira 4 dicas para organizar a lista de fornecedores da sua ótica

Postado por Arquem às 26/02/2018


Armações, lentes para óculos, lentes de contato e acessórios diversos são alguns itens encontrados no balcão de qualquer ótica. Para que você possa comprar esses produtos com bons preços de mercado, assim como garantir que eles nunca faltem em suas prateleiras, é preciso organizar muito bem a sua lista de fornecedores.

Afinal, qualquer empresa está sujeita a fazer pedidos de última hora para assegurar uma demanda ou precisar negociar valores de mercadorias para reduzir seus custos. Para isso, é preciso estar preparado para lidar com seus fornecedores e garantir uma relação saudável e que beneficie as duas partes.

Neste artigo, separamos algumas dicas sobre como organizar a sua lista de fornecedores. Quer saber mais? Então não deixe de acompanhar os próximos parágrafos!

1. Ter uma segunda opção

Nunca é uma boa ideia depender apenas de um fornecedor. Afinal, diversos problemas podem acontecer e prejudicar a sua ótica, como não haver flexibilidade para negociar preços e prazos, não ser possível atender seus pedidos, não ter um bom relacionamento, entre outras situações.

Para evitar esses contratempos, sempre tenha outras opções de fornecedores — o que exigirá comprar mercadorias na mão de outras empresas para testar o trabalho delas e garantir que possa ser atendido quando precisar. Essa garantia deve ser tomada mesmo que você tenha uma excelente relação com o fornecedor atual.

2. Usar um software de gestão

Os softwares de gestão são uma excelente opção para quem atua no comércio. São diversos setores — administrativo, financeiro, marketing, vendas, compras... — e todos eles exigem uma boa dose de atenção para que possam funcionar corretamente e gerar resultados.

Um software de gestão ajuda a organizar todos esses processos, inclusive a sua lista de fornecedores e tudo o que os envolve (documentos, prazos, compras, entregas etc.). Esse mecanismo de automação contribui para uma visão mais ampla do negócio e favorece as tomadas de decisões.

3. Formalizar as negociações

Processos bastante complexos e até mesmo demorados nunca são uma boa opção para uma ótica. A burocracia pode prejudicar a execução de um pedido, o que implicará em um prazo de entrega maior e, consequentemente, a possibilidade de que, em seu estoque, falte alguma mercadoria para ser comercializada.

Por isso, é importante ter agilidade no relacionamento comercial com seus fornecedores. Porém, isso não quer dizer adotar medidas que tornem essa transação menos segura. Em qualquer tipo de negociação, é preciso formalizar os pedidos e destacar os pontos mais importantes.

4. Eliminar fornecedores que não dão certo

Tenha sempre em mente que suas parcerias podem não dar mais certo — e que isso acontece com mais frequência do que gostaríamos. Então, fique atento ao relacionamento que tem com seus fornecedores e troque de empresa sempre que não estiver bom para o seu negócio.

Lembre-se de que fornecedores que se mostraram ruins durante um tempo podem ter melhorado a sua prestação de serviço; assim como aqueles que sempre tiveram um atendimento de primeira podem, em algum momento, falhar em seus processos. Ajuste a sua lista de fornecedores às suas demandas e padrões de qualidade.

Agora que você já sabe como organizar a lista de fornecedores é só colocar em prática esse conhecimento na sua ótica para ter uma melhora em sua gestão administrativa. Quer receber outros conteúdos como esse? Então não deixe de assinar a nossa newsletter!


Comentários