Hospital de Olhos de Cascavel adquire tecnologia de ponta para cirurgia de catarata - Blog - Arquem Automação

Fique por dentro de nossas novidades



Fique por dentro das novidades da Arquem e do setor.

Receba dicas e notícias no seu e-mail.



Clique aqui

Hospital de Olhos de Cascavel adquire tecnologia de ponta para cirurgia de catarata
Blog

Postado por Arquem às 28/06/2017


O Hospital de Olhos de Cascavel é o primeiro da região e um dos pioneiros no País a disponibilizar o Signature PRO, equipamento desenvolvido pela norte-americana Abbott, que incorpora a última palavra em tecnologia para cirurgia de catarata.

A tecnologia Signature PRO, oferece precisão, estabilidade e segurança. Na medida em que é aplicado menos ultrassom, por exemplo, reduz o surgimento de edemas e as perdas endoteliais, além de ampliar o conforto e agilizar o retorno do paciente à sua rotina diária.

O Hospital também já utiliza outros recentes avanços em facoemulsificação, que é a técnica mais usada em cirurgia de catarata. Essa tecnologia implica na quebra e aspiração do cristalino afetado pela catarata com o uso do ultrassom. O facoemulsificador é a máquina que controla o tipo e a intensidade do ultrassom, o vácuo, a aspiração além de ter diversas outras funções.

A catarata

A catarata é a opacidade do cristalino, que embaça e diminui a visão progressivamente. Os sintomas mais comuns da Catarata são visão borrada, ofuscamento, cores menos vivas, baixa visão noturna e até mesmo visão múltipla.

A Catarata pode ocorrer em qualquer faixa etária, mas é mais frequente após os 40 anos de idade. A doença é responsável por 50% dos casos de cegueira do mundo. Estima-se que em 50% das pessoas de 60 anos já seja necessária a realização da cirurgia e em quase 100% dos maiores de 80 anos.

Sem catarata e livre de óculos

O único tratamento efetivo para catarata é o cirúrgico. Mas os avanços tecnológicos não se resumem às práticas cirúrgicas, cada vez menos invasivas. Além de tratar a catarata também se pode corrigir ao mesmo tempo, outros transtornos visuais como miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia.

Além das lentes intraoculares convencionais, que podem corrigir a miopia e a hipermetropia, estão disponíveis lentes capazes também de corrigir o astigmatismo e a presbiopia. São as lentes chamadas intraoculares Premium, que podem deixar o paciente independente dos óculos. Elas conseguem recuperar a boa visão de longe, intermediária e de perto, levando à independência total dos óculos em 90% dos casos.

Fonte: Assessoria do Hospital e Rádio Cultura


Comentários