Impactos da falta de engajamento dos funcionários na sua ótica - Blog - Arquem Automação

Fique por dentro de nossas novidades



Fique por dentro das novidades da Arquem e do setor.

Receba dicas e notícias no seu e-mail.



Clique aqui

Impactos da falta de engajamento dos funcionários na sua ótica
Blog

Impactos da falta de engajamento dos funcionários na sua ótica

Postado por Arquem - Automação Corporativa às 18/02/2021


Focamos muitos no engajamento para novos clientes mas acabamos esquecendo dele da porta para dentro. Os benefícios de ter seus funcionários engajados são inúmeros, mas você já parou para pensar nos impactos negativos quando o engajamento é baixo? 

Impactos da falta de engajamento na sua empresa:

1.Alta rotatividade

Funcionários desmotivados tendem a sair da empresa com maior frequência, isso impede que a cultura organizacional seja amplamente difundida, além de gerar custos operacionais para a área de Recursos Humanos. 

O salário é importante, porém não é o único fator que segura o colaborador na empresa, existe uma série de outros benefícios como estabilidade, plano de carreira, cuidado com a saúde mental e outros que garantam estabilidade do colaborador.

2.Desligamentos geram custos

Às vezes, o funcionário sem engajamento só está esperando para ser demitido, ele não acredita mais na empresa e acha que não pertence mais à organização. Entretanto, partir direto para o desligamento gera um custo alto para empresa, principalmente em companhias com alta rotatividade. Por isso, capriche nas estratégias para conquistar o colaborador e só parta para a demissão em último caso.

Lembre-se que uma boa cultura de feedback pode ser valiosa na hora de entender mais sobre o descontentamento do colaborador. O feedback também ajuda a analisar se as estratégias foram transmitidas ao restante da equipe e quais ações você pode tomar para garantir a plena satisfação dos funcionários.

3.O descontentamento é contagioso

Um funcionário sem motivação pode facilmente gerar o mesmo sentimento em colegas de trabalho, se a sua empresa resolve optar pela demissão, isso também gera impacto nos outros colaboradores, que vão entender que a empresa não dá valor à sua mão de obra.

Por isso, logo após o desligamento, nunca se esqueça de chamar a equipe para uma conversa reservada e tranquilizadora, explique de maneira transparente os motivos que levaram à demissão e deixe o canal aberto para ouvir críticas e sugestões sobre a maneira como a empresa deve conduzir em caso de insatisfação dos colaboradores.

4.Falta de entrosamento entre times

O colaborador desmotivado irá fazer apenas as suas próprias tarefas – isso quando não desiste de vez de suas funções e passa a gastar tempo no escritório ou em home office. Isso impacta na relação entre colegas de mesma função e entre times que possuem o mesmo objetivo.

Assim, a falta de engajamento pode afetar toda a cadeia produtiva da empresa. Vários setores trabalham em conjunto, e a partir do momento que uma engrenagem “trava”, o restante da máquina também pode acabar parando.

5.Erros constantes

O colaborador que não está engajado costuma executar suas tarefas de maneira mais distraída. Para a empresa, isso é um risco que pode custar caro: já imaginou um acidente de trabalho causado por distração e/ou falta de vontade?

Isso sem falar em erros na confecção de planilhas ou na escrita de um e-mail, que podem causar estragos incalculáveis.

6.Dificuldade de atrair novos talentos

Hoje em dia, existem diversos sites em que funcionários e ex-funcionários podem avaliar as empresas. Se a sua companhia não investe na conquista do colaborador, a chance de ele falar mal de você é grande. E a campanha boca a boca tem potencial para arruinar reputações. Isso pode atrapalhar na hora de escolher os melhores talentos do mercado para dentro da sua empresa.

Lembre de olhar para sua equipe com carinho e sempre estar atento ao clima do dia a dia, isso pode fazer diferença no resultado final da sua ótica.


Comentários