Use a neurociência para atrair atenção do seu público - Blog - Arquem Automação

Fique por dentro de nossas novidades



Fique por dentro das novidades da Arquem e do setor.

Receba dicas e notícias no seu e-mail.



Clique aqui

Use a neurociência para atrair atenção do seu público
Blog

Use a neurociência para atrair atenção do seu público

Postado por Arquem Automação Corporativa às 12/04/2021


Neurociência é a área de conhecimento dedicada ao estudo do sistema nervoso, visando desvendar seu funcionamento, estrutura, desenvolvimento e eventuais alterações.

A partir dessas informações, os profissionais de neuromarketing podem elaborar estratégias que influenciam os consumidores a se interessarem por uma marca, produto ou solução, de forma tanto consciente quanto inconsciente.

Apesar das pessoas serem muito diferentes e lidarem de formas distintas com os estímulos, há certas táticas que, de modo geral, funcionam muito bem, por isso separamos algumas dicas que realmente dão certo para você!

1- Trabalhe com os sentidos

Concentrar-se em recursos sensoriais é uma maneira de impactar o consumidor por meio da experiência. O cérebro tem um enorme domínio sobre o processamento de estímulos visuais, por isso esse é o primeiro sentido para ter em mente ao criar ações de comunicação.

Pense nas sensações que as cores são capazes de causar, o azul por exemplo transmite segurança e confiança, o verde passa a ideia de paz e saúde, o amarelo indica clareza e otimismo etc.

Considere também o uso de imagens de rostos humanos, já que costumamos criar uma conexão imediata com fotos do gênero, o que dá a elas certo poder de persuasão.

2 - Adicione carga emocional

O que impulsiona a tomada de decisão é principalmente o subconsciente, uma vez que inicialmente não envolve a parte cognitiva do cérebro. Para conduzir a ação que você está pretendendo, acione o ponto de dor emocional do consumidor.

Um achado interessante utilizado por neuromarketing é que as pessoas estão mais preocupadas com o que podem perder do que ganhar. Por essa razão que liquidações por tempo determinado ou ações com limite de produtos funcionam tão bem, como a Black Friday.

3 - Use a palavra “você”
 
Especialistas em neuromarketing afirmam que por ser responsável pela própria sobrevivência, a parte primitiva do cérebro é essencialmente egoísta. “Em poucos segundos, o cérebro reptiliano quer saber o que você pretende fazer para ele”, conta Dooley.

Como estratégia para atrair rapidamente a atenção do consumidor, o pesquisador recomenda fazer uso da palavra “você” e fornecer imagens do ponto de vista do consumidor. Ou seja, sempre prefira uma linguagem direcionada e pessoal em sua comunicação.

O que você achou deste artigo? Gostou de saber como funciona uma estratégia de neuromarketing e algumas das suas táticas mais importantes? Continue acompanhando nosso blog.


Comentários