O conceito de inovação costuma ser muito ligado à tecnologia e à indústria. Com isso, muitos gestores acabam criando a ideia de que é uma estratégia adotada apenas por grandes organizações e deixam de investir em melhorias, novas soluções, recursos e outros aspectos que ajudam a criar um diferencial e conquistar os clientes. Entretanto, é possível encontrar meios de implementar a inovação para óticas.

Pensando nisso, resolvemos escrever o artigo de hoje e explicar o que é inovar na empresa, melhorar a compreensão sobre o assunto e detalhar algumas opções do que pode ser feito para alcançar o objetivo no seu negócio. Quer saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura e confira!

O que é inovação? Entenda!

A inovação pode abranger definições variadas, que dependem da forma como ela é aplicada. Entretanto, de maneira geral, podemos resumir como o desenvolvimento de novas ideia e a aplicação delas com sucesso. Em outras palavras, é desenvolver novos produtos e serviços que ajudam a aprimorar os resultados — como o aumento do faturamento, conquista de novos clientes, geração de lucro, entre outros.

Já apresentamos a existência de inovação tecnológica, de produtos e serviços, mas também vale lembrar que existem outras possibilidades. Elas envolvem criar novos processos, modificar a forma como a empresa se relaciona com o público e até mesmo elaborar novos métodos de trabalho, por exemplo.

Apesar de a ideia de inovação parecer com a adoção de melhorias contínuas no negócio, vale lembrar que é preciso conseguir mudanças consideráveis no desempenho para que uma ideia seja classificada como inovação. Isso quer dizer que, enquanto os aprimoramentos nos processos trazem pequenas diferenças, inovar é uma estratégia que traz impactos consideráveis — modificando a precificação, ajudando a aumentar a participação de mercado, gerar margens de lucro superiores, entre outros.

Assim, pode-se dizer que a inovação é capaz criar diferenciais, tornar a empresa mais competitiva no mercado e fornecer melhorias que ainda geram efeito no médio e longo prazo.

Objetivos da inovação

Além de existirem tipos de inovação diferentes, vale destacar que elas também se diferenciam de acordo com os objetivos, que podem ser:

Inovação do produto

Como o nome sugere, está relacionada às mudanças que são geradas no produto, criando uma nova percepção dos clientes a respeito dos benefícios e status que ele oferece.

Inovação do processo

Neste caso, as mudanças estão relacionadas aos métodos de trabalho. Pode, ou não, influenciar nos produtos ou serviços oferecidos, mas tem o foco voltado para alcançar melhorias nas atividades executadas — o que pode envolver redução de desperdícios, aumento da produtividade, redução de custos, entre outros.

Inovação do modelo de negócio

Por fim, existem as mudanças na forma como a empresa se posiciona no mercado e projeta a imagem para o público. Também não está necessariamente relacionada a melhorias nos produtos e serviços — tampouco aos processos —, já que o direcionamento é voltado para a forma como eles são oferecidos e como a empresa se relaciona com os seus clientes.

Impactos da inovação

Da mesma forma que a inovação pode ter objetivos diferentes dentro de uma mesma organização, os impactos gerados por ela também podem distintos, sendo:

Inovação incremental

É feita com base em melhorias em processos e produtos já existentes e costuma tratar de mudanças mais discretas. Em outras palavras, as ações adotadas não afetam os produtos, serviços e o modelo de negócio de forma expressiva. Contudo, elas ainda podem ser percebidas pelos clientes e trazem resultados satisfatórios.

Inovação radical

Já neste caso, as mudanças aplicadas aos produtos, processos ou modelo de negócio são drásticas. São aqueles casos em que as empresas revolucionam com uma nova ideia — bem-aceita pelos consumidores —, conseguem resultados amplamente satisfatórios e acabam sendo copiadas pelas demais.

Apesar dos altos riscos envolvidos (relacionamento com o público, aceitação, custos, entre outros), os benefícios alcançados estão na mesma proporção.

Vantagens da inovação

A capacidade de inovar pode trazer diversos benefícios para uma empresa, que, apesar dos investimentos necessários para promover as mudanças, são relevantes e geram impactos até mesmo no médio e no longo prazo. Entre os principais, podemos citar:

  • criação de vantagem competitiva;

  • agregação de mais valor aos produtos e serviços (diferencial no mercado);

  • redução dos custos, o que gera impacto na margem de lucro obtida;

  • acesso a novos mercados;

  • aumento da receita;

  • conquista de novos investidores;

  • geração de conhecimento;

  • melhoria da imagem projetada no mercado;

  • valorização da marca.

Como inovar na minha ótica?

Agora que já se sabe melhor o que é e como funciona a estratégia de inovar, vamos apresentar alguns métodos e soluções de inovação para óticas. Confira:

Foco na experiência do cliente

A experiência que o cliente tem com o seu negócio é determinante para o sucesso e a perenidade no mercado. Vale lembrar que as pessoas compartilham a situação vivida em uma compra e, caso ela seja positiva, podem se tornar os maiores vendedores — visto que boas impressões podem incentivar outros públicos a conhecer a empresa.

Por outro lado, uma visão negativa também será compartilhada, criando uma certa rejeição de novos consumidores em potencial para a marca. Sendo assim, podemos dizer que este é um aspecto essencial para que a sua ótica consiga se estabelecer e conquistar mercado.

Nesse sentido, é possível adotar a inovação para óticas à medida que se investe em mudar e melhorar o atendimento e tornar o relacionamento mais próximo. Para isso, as dicas são:

Melhore as condições do ambiente

Tenha a preocupação de oferecer um ambiente aconchegante e acolhedor para seus clientes. Nesses casos, é necessário pensar em questões como a iluminação, música e aromas usados na loja. Também vale a pena pensar em oferecer água, café, chá e balas, por exemplo.

Treine a sua equipe

Contar com uma equipe capacitada é fundamental para alcançar a satisfação dos seus clientes. Sendo assim, vale a pena investir em treinamentos e desenvolvimentos que ajudem a melhorar a forma como os colaboradores recebem, atendem e negociam com o público.

Desse modo, os profissionais precisam ter conhecimento sobre negociação e sobre o produto (especificações técnicas e benefícios), ter a flexibilidade de oferecer descontos, entre outros aspectos.

Faça boas aquisições

Estar por dentro das novidades lançadas no mercado e conhecer as demandas dos clientes são dois pontos fundamentais na hora de realizar as aquisições com os seus fornecedores. Em outras palavras, o ideal é investir nos produtos que realmente têm potencial de vendas. Afinal, de que adianta ter uma vitrine bem organizada, se os itens expostos nela não chamam a atenção das pessoas?

Ainda vale lembrar a possibilidade de acabar com itens obsoletos no estoque e sofrer com prejuízos por falta de vendas.

Invista em pós-venda

Ao contrário do que muita gente pensa, a experiência do cliente não termina no momento em que a venda é concretizada. Investir em ações de pós-venda ajuda a manter o cliente próximo, além de cativá-lo para que realize novas compras e até mesmo indique outras pessoas para sua ótica.

Nesse caso, vale investir no oferecimento de brindes, enviar mensagens na data de aniversário, realizar ligações para agradecer por ter comprado na loja (e saber se o cliente está satisfeito com o produto adquirido), entre outras coisas.

Outra questão que vale a pena implementar é a possibilidade de coletar feedbacks dos consumidores. Por meio deles, é possível identificar quais são as principais falhas cometidas e elaborar ações para corrigi-las — mantendo sempre o foco em oferecer um atendimento aprimorado.

Observe seus concorrentes

Outro ponto que também vale a pena considerar é a possibilidade de realizar o benchmarking, que é a prática de observar os concorrentes, identificar as melhores práticas e aplicá-las ao seu modelo de negócio.

A partir desse tipo de estudo, torna-se possível saber em que ponto seus competidores estão sendo bem-sucedidos, quais são os principais focos de reclamação e quais ações podem ser adotadas (que ninguém ainda está fazendo) para criar diferenciais.

Inovação na gestão

Aqui, estamos falando sobre a inovação voltada para os processos. Mudar a forma como a empresa é gerida também é um excelente jeito de inovar e melhorar os resultados da sua ótica. A dica principal é investir em um sistema de gestão, que automatiza as tarefas e proporciona diversos benefícios, como:

Facilidade na implementação

Ao adotar um sistema específico para a gestão de óticas, a implementação acontece de forma ágil e simplificada. As funcionalidades oferecidas são totalmente voltadas para a rotina dessas empresas.

Centralização e segurança das informações

Com o sistema integrado, todas as informações ficam consolidadas em apenas uma solução, ou seja, nada de diversas planilhas e controles para acompanhar as rotinas. Essa centralização ajuda a encontrar os dados necessários com maior agilidade e na organização dos registros.

Integração dos processos e dados

Por meio do sistema, todas as áreas de uma ótica podem ser acompanhadas de um só lugar. Isso quer dizer que o gestor pode executar e monitorar rotinas da gestão financeira, estoques, vendas, carteira de clientes e documentação, por exemplo, no mesmo sistema.

Redução de custos

O investimento em um sistema de gestão ajuda a aumentar a produtividade, reduzir os desperdícios, tornar os processos mais ágeis, entre outras melhorias. Ao longo do tempo, é possível observar uma redução nos custos operacionais, o que faz com que o investimento na solução seja pago depois de certo período.

Melhoria na tomada de decisão

Com o acompanhamento de todas as áreas, torna-se possível monitorar os resultados obtidos e identificar se eles estão dentro do que foi planejado e se os objetivos foram alcançados. Por meio dessas informações, o gestor consegue identificar os pontos fracos e as falhas e, a partir daí, tomar decisões mais acertadas.

Serviço móvel

O serviço móvel funciona da seguinte forma: o cliente liga para a sua loja, solicita o agendamento de uma visita e um vendedor vai até ele, sem nenhum custo adicional. Nesse caso, leva-se uma quantidade considerável de modelos de armações e preços variados, para que o consumidor faça a escolha. O ideal é oferecer a possibilidade de realizar o pagamento parcelado no cartão (mesmo no trabalho externo).

Entre as principais vantagens de oferecer um serviço móvel na sua ótica, estão:

  • atender às pessoas que não conseguem ir à ótica em horário comercial;

  • atender às pessoas que têm dificuldade de locomoção;

  • oferecer maior comodidade para os clientes;

  • oferecer um serviço diferenciado, pouco conhecido e ofertado.

Sem dúvidas, essa é uma das melhores opções para sair na frente dos seus concorrentes!

Marketing digital

O marketing digital, de maneira resumida, é a promoção de produtos e serviços por meio de mídias digitais, ou seja, a empresa usa a internet para divulgar seu trabalho e tentar atrair um público ainda maior. Já reparou a quantidade de empresas que investem em sites, blogs e redes sociais? É difícil imaginar um negócio que não faça isso hoje em dia, não é mesmo?

Entretanto, não basta sua empresa estar presente no ambiente online: é preciso ter o cuidado de saber se comunicar com seu público, investir em formas de estreitar o relacionamento, usar as redes sociais como um canal alternativo para a comunicação e, principalmente, engajar as pessoas.

Com boas estratégias, torna-se possível alcançar ainda mais reconhecimento para sua marca e atrair pessoas que talvez jamais chegariam à sua loja pelos meios tradicionais de divulgação.

Entre as principais vantagens do investimento no marketing digital, podemos citar:

Aumento da competitividade

O investimento em marketing digital permite que novos públicos sejam alcançados e convertidos em clientes, o que ajuda a aumentar as vendas e gerar mais lucros (por um custo baixíssimo). Com isso, mesmo as empresas de menor porte conseguem se tornar mais competitivas em comparação às que não utilizam os recursos.

Fortalecimento do posicionamento

O marketing digital é um meio de fortalecer o posicionamento das empresas e, se for feito de maneira adequada, permite que o seu negócio se torne referência no ramo de atuação.

Além disso, ele também é uma forma de conseguir melhorar a reputação do seu empreendimento — desde que o foco seja a excelência no atendimento ao cliente —, fazendo com que mais pessoas procurem a marca e se tornem clientes.

Maior proximidade com o público

Um dos pontos principais acerca do marketing digital é a interatividade que ele proporciona com o público. Isso quer dizer que é possível estabelecer um contato direto, receber feedbacks instantâneos e acompanhar o que tem sido falado sobre a empresa nas redes.

Além disso, ele pode ser uma excelente ferramenta para conquistar os clientes, fidelizando-os, e ainda permite que eles divulguem a marca. No longo prazo, os resultados são cada vez melhores, principalmente no que diz respeito ao custo de aquisição de clientes (CAC), que cai consideravelmente.

Aumento da abrangência

O marketing tradicional (offline) é fundamental para a empresa, além de ser muito eficaz. Entretanto, tem o ponto fraco da limitação geográfica, já que não é possível ir a todos os lugares.

Por outro lado, a abrangência da internet é infinitamente maior, levando a marca a qualquer lugar a qualquer momento. Assim, a quantidade de clientes que podem ser alcançados por meio do marketing digital é exponencialmente maior.

Mais dados para as análises

Diversos perfis de público podem ser alcançados na internet. Isso envolve idade, escolaridade, renda, localização, entre outros. Por meio da obtenção dessas informações, o trabalho de segmentação de clientes se torna ainda melhor, já que o volume de dados coletados é maior.

Além disso, existem muitas ferramentas online que podem ser usadas para acompanhar algumas métricas. Normalmente, elas revelam qual é o comportamento do público nas campanhas, o que permite identificar como cada grupo reage ao que é oferecido.

A maior vantagem disso é que se torna possível conhecer melhor os seus clientes, as necessidades deles e o que esperam da sua empresa, por exemplo. A partir da análise dessas informações, a tomada de decisão se torna mais acertada, além de a criação de novas estratégias ser mais precisa.

Tendências da moda

A moda está presente na vida de todos, por meio de vestuário, calçados, acessórios e até mesmo dos óculos — sejam eles de sol ou receituário. Para todos os casos, sempre que uma marca lança uma nova coleção e traz novidades, há um de aumento considerável na procura e nas vendas.

Sendo assim, acompanhar quais são as principais tendências e lançamentos para o mercado de óticas também é fundamental para que seu negócio consiga trazer novos produtos e atrair um público maior. Para isso, o ideal é:

Acompanhar influenciadores digitais, novelas e revistas

Atualmente, os blogueiros e blogueiras têm uma forte influência sobre o que as pessoas consomem no dia a dia — e isso envolve cosméticos, roupas, calçados, acessórios, itens tecnológicos, entre várias outras categorias.

As chamadas “resenhas” têm o objetivo de relatar a experiência que eles tiveram com cada produto e, normalmente, têm grande força com a audiência, o que aumenta de modo sensível a possibilidade de alavancar as vendas daquilo que foi apresentado.

Como esses influenciadores digitais estão sempre atentos às tendências e novidades, acompanhar alguns canais e blogs pode ser uma excelente opção para saber quais novidades chegarão e o que pode ser oferecido em sua ótica. O mesmo serve para novelas e revistas, que também têm um grande potencial para ditar a moda e gerar procura dos consumidores pelos produtos.

Sendo assim, uma boa opção é divulgar essas propagandas em suas redes e informar para seu público que os produtos em questão estão disponíveis na sua unidade, por exemplo. As chances de os seus seguidores conhecerem os itens e procurarem sua ótica para comprá-los são boas.

Investir em marcas conhecidas

Grandes marcas, independentemente do ramo de atuação, sempre têm fãs que acompanham as tendências e querem sempre se manter atualizados, além de fazer novas aquisições constantemente. Além disso, costumam oferecer produtos diferenciados e que transmitem a sensação de qualidade superior e de elevar o status de quem os possui.

Sendo assim, não deixe de adquirir marcas como Gucci, Vogue, Ray Ban e Pierre Cardin na sua loja.

Ficar por dentro de quais são as tendências de cada estação

Parece uma dica óbvia, mas é sempre bom lembrar de acompanhar também as tendências de acordo com a estação. Elas têm cores e modelos distintos e, consequentemente, geram maior procura. Esteja atento a essas questões, para que, quando os clientes procurarem pelo produto, sua ótica consiga atendê-los da melhor forma possível.

Comunicar-se com os clientes

Por fim, de que adianta investir nas últimas tendências da moda, se o seu público não está ciente de que você oferece essas opções? Sendo assim, vale investir pesado em comunicação, que pode ser feita de diversas formas, como:

  • envio de mensagens e e-mails;

  • destaque no site;

  • divulgação nas redes sociais;

  • propaganda impressa.

Por que é importante investir em inovação para óticas?

Os mercados estão cada vez mais competitivos, e, com a crise econômica, se torna cada vez mais difícil se destacar e conquistar mais clientes. Devido a isso, os gestores se veem obrigados a criar soluções que — além de reduzir os custos — ajudem a agregar valor aos produtos e serviços oferecidos, criando um diferencial e atraindo novos públicos.

É aí que entra a importância da inovação: ela permite que mudanças sejam realizadas nos métodos de trabalho, no modelo de negócio e na forma como a empresa se relaciona com seus consumidores. E é por meio dessas melhorias que a ótica consegue sair na frente dos concorrentes, se tornar reconhecida e alavancar os resultados.

Como se vê, é possível investir na inovação para óticas, implementando desde ações mais simples, como a mudança na forma como os vendedores se relacionam com os clientes, até nas mais complexas, como no acompanhamento da moda, que pode influenciar o nível das vendas.

A questão é que, ainda que seja necessário realizar alguns investimentos, eles não devem ser considerados meros gastos — visto que, com o direcionamento e as estratégias adequadas, é possível alcançar resultados duradouros, estabelecendo uma relação custo/benefício totalmente satisfatória.

Gostou do nosso post de hoje? Você já pensou se é o momento de investir em um sistema de gestão? Sabe quando isso deve ser feito? Aproveite para conferir alguns sinais neste artigo!

Comments

comments

Precisa de Ajuda?

Chat Online

Tire suas dúvidas com nosso atendimento online (Seg-Sex 9h-17h).

Acessar

Central de Relacionamento

Já é cliente? Acesse aqui suas informações e ferramentas de cliente.

Acessar
AGENDE UMA DEMONSTRAÇÃO